RESULTADOS

10 Km Tribuna FM

Data: 15/05/2005

Percurso: 10 km

Local: Santos - SP

Telefone: (13) 3219-4543

Resultado Masculino
Resultado Feminino

VEJA COM FOI

Superando os temíveis corredores africanos, o brasileiro Marilson Gomes dos Santos garantiu o bicampeonato nos 10 KM Tribuna FM, a maior corrida de rua do País, deixando em 2º lugar o angolano João N’Tyamba, tricampeão em 2000, 2001 e 2002. Ele cruzou a linha de chegada em 28minutos e 30 segundos, com 12 segundos de vantagem sobre o rival. Já a queniana Margaret Karie fez valer seu favoritismo, vencendo pela 1ª vez em Santos com 33 minutos e 56 segundos.

A melhor brasileira foi Lucélia Peres, de Brasília, na 3ª colocação, atrás da colombiana Bertha Sanches. Como prêmio cada vencedor ganhou um automóvel Celta, no valor de R$ 23 mil. No total, a competição ofereceu uma premiação recorde de R$ 98 mil aos 20 melhores do masculino e feminino.

Sob um sol forte, calor que ultrapassou os 30 graus, a 20ª edição da prova reuniu mais de 11,5 mil atletas, entre eles um participante ilustre, o ministro do Esporte Agnelo Queiroz, que correu muito bem, fechando o percurso em 50 minutos. Criando um ambiente único no País, a disputa sempre mobiliza toda a cidade, com os moradores saindo às ruas para torcer, incentivar os atletas durante os 10 km de prova, arrancando elogios até de corredores de ponta, que competem Mundo afora.

Outra grande atração é a participação dos grupos de academias, empresas e clubes, que correm uniformizados, dando um colorido especial, além da grande presença de atletas de outros esportes, como o triatleta argentino Oscar Galindez, um dos maiores da modalidade. “Essa corrida tem esse carisma. Ao longo de todo o percurso tem gente torcendo e isso acaba incentivando muito”, comentou o bicampeão Marilson Gomes, que também venceu em 2003 e no ano passado ficou em 2º lugar atrás do queniano Benson Cherono.

Dessa vez, o bicampeão não deu chances aos adversários. Logo no km 2 assumiu a ponta e foi abrindo vantagem. “Tive a felicidade de me sentir bem. Estava naquele dia que tudo dá certo. Estavam os melhores do País e alguns destaques de fora”, afirmou Marilson, que está com 27 anos de idade, e entre outros resultados tem o título na São Silvestre em 2003 e as medalhas de prata nos 10 mil e bronze nos 5 mil metros nos Jogos Pan-Americanos de Santo Domingo.

“Apertei o ritmo logo no começo e deixei os quenianos para trás. Daí fui só aumentando. Me senti forte. Essa prova tem um gosto especial para mim, porque a minha mulher é da Baixada Santista. Então aqui é minha segunda casa”, acrescentou Marilson.

O sempre sorridente João N’Tyamba, que ano passado foi o 3º colocado, ressaltou a qualidade do vencedor. “O nível que o Marilson está atravessando é espetacular. Ele quebrou o ritmo no começo e errei em não encostar, mas isso não é desculpa. Ele está muito forte. Para mim, que está no final de carreira, com 37 anos, foi ótimo”, disse o angolano, que ao cruzar a linha de chegada vestiu uma camisa do Santos FC, para comemorar.

“Depois desse 2º lugar, acho que faço parte do patrimônio desses 10 KM. Sempre que puder vou voltar. Adoro Santos e esse clima de festa nessa prova”, comentou o corredor, que já disputou cinco olimpíadas. O 3º lugar ficou com o melhor brasileiro na São Silvestre de 2004, Clodoaldo Gomes, outro talento de Brasília, repetindo o resultado conquistado em 2002. “Eles largaram muito forte e fiz outra tática. Acabei de voltar de uma maratona, onde fui o 7º colocado e fiquei satisfeito com o meu desempenho”, festejou.

QUENIANA SENTE O CALOR - Na categoria feminina, a prova foi comandada pela queniana Margaret Karie, a colombiana Bertha Sanches e as brasileiras Lucélia Peres e Fabiana Cristine (campeã em 2000, vice no ano passado e agora 4ª colocada), que foram juntas até o km 8. Na reta final, as estrangeiras abriram vantagem e depois a atleta do Quênia imprimiu um ritmo forte para vencer.

Mas o esforço foi sentido pela campeã. “Corri forte desde o começo, mas as outras corredoras, especialmente a colombiana, não permitiram que eu diminuísse o ritmo, por isso senti muito os últimos 3 quilômetros. Sou maratonista e não estou acostumada a correr tão rápida”, contou a queniana, que além do ritmo forte, sentiu o calor. “Já sabia que a prova era no calor, mas não esperava ser tão quente”, acrescentou Margaret.

“Adorei a prova, pela festa, e espero voltar ano que vem”, completou a campeã, que tem 25 anos e começou a correr somente em 2003. Entre suas conquistas está o título da Maratona de São Paulo ano passado. A vice-campeã competiu pela 2ª vez em Santos. No ano passado foi a 4ª colocada. “Fiz a minha corrida, o que eu esperava. Fiquei satisfeita, até porque as brasileiras vinham muito forte”, afirmou a medalha de bronze nos Jogos Pan-Americanos de Santo Domingo nos 10 mil metros.

“O mais difícil foi a chegada, porque sabia que as brasileiras estavam logo atrás”, destacou Bertha, que assim como os outros corredores de ponta, gostou muito do ambiente da prova. “É uma corrida muito divertida, ao mesmo tempo em que é muito forte, com as melhores. A festa ajuda muito”, ressaltou.

A melhor brasileira na disputa, Lucélia Peres, comemorou o resultado. “Lógico que eu esperava a vitória. Estou muito bem treinada, mas o ritmo foi forte. Acompanhamos a queniana e a colombiana até o km 8, mas daí elas abriram. Fiquei feliz”, afirmou Lucélia, que na São Silvestre de 2004 também foi a melhor brasileira, sendo a vice-campeã.

MINISTRO DO ESPORTE COMPLETA BEM A PROVA - Muito aplaudido antes da largada, durante o percurso e depois da chegada, o Ministro do Esporte Agnelo Queiroz gostou da “festa” da corrida. Usando uma camisa oficial do Santos Futebol Clube (número 10), ele correu num ritmo forte, cruzando a linha de chegada em 50 minutos. “Essa prova é extraordinária. A participação do público não tem igual. Essa interação é saúde”, frisou o ministro, que também participou da São Silvestre.

RESULTADOS

MASCULINO

1) MARILSON GOMES DOS SANTOS - 28MIN30S
2) JOÃO N’TYAMBA - 28MIN52S
3) CLODOALDO GOMES DA SILVA - 29MIN24S
4) LUIZ FERNANDO DE ALMEIDA - 29MIN33S
5) PAULO ROBERTO DE ALMEIDA - 29MIN36S

FEMININO

1) MARGARET KARIE TOROTCH - 33MIN56S
2) BERTHA OLIVA SANCHEZ - 34MIN00S
3) LUCÉLIA DE OLIVEIRA PERES - 34MIN09S
4) FABIANA CRISTINE DA SILVA - 34MIN18S
5) LUZIA DE SOUZA PINTO - 34MIN42S

Fonte: FMA Notícias/ A Tribuna