RESULTADOS

3ª Meia Maratona da Praia Grande

Data: 15/10/2006

Percurso: 21 km

Local: Praia Grande - SP

Telefone: (13) 2102-7030

Classificação Geral Masculina
Classificação Geral Feminina

VEJA COM FOI

Com atuações muito fortes, a catarinense Márcia Narloch e o queniano Mathew Cheboi foram os campeões da 3ª Meia-Maratona A Tribuna-Praia Grande, disputada domingo (dia 15), numa manhã de sol, e acompanhada por um grande público por todo o trajeto. A competição, uma das principais do País na distância, reuniu mais de 2.200 atletas, numa grande festa, entre corredores e caminhantes. Com um percurso totalmente plano e com duas grandes retas de 10 km, a prova registrou boas marcas. Pelas vitórias, os dois ganharam R$ 3,6 mil, de um total de R$ 33 mil, distribuídos aos 10 melhores do masculino e feminino.

Entre os homens, Mathew cruzou a linha de chegada, após os 21.097 metros, em 1h05min37s, com uma tranquila vantagem de 42 segundos sobre o seu compatriota, Cosmers Kemboi. O matogrossense Urias Yostaque de Lima foi a surpresa, ao chegar em 3º lugar, com 1h06min21s. Já o campeão de 2005, Geovane de Jesus Santos, não completou o percurso, abandonando a prova no km 14.

Na prova feminina, Márcia venceu com 1h17min18s, abrindo mais de um minuto sobre alagoana radicada na Bahia, Marily dos Santos, a segunda colocada com 1h18min32s. A paraibana Ednalva Lauriano, a Pretinha, campeã em 2004, chegou na 3ª colocação, 14 segundos depois.

A dobradinha queniana na disputa masculina começou a se definir antes da metade do percurso. Já no quilômetro 8, Cosmers Kemboi, estreante em meia-maratona e pela primeira vez no Brasil, tentou “escapar”, chegou a ficar isolado, mas Mathew “anulou” a vantagem, imprimindo um ritmo forte, o que o deixou sozinho na liderança na última metade da disputa.

Na chegada, ele ainda “esbanjou” resistência, com um sprint muito forte. “Gostei muito desta prova. É muito interessante esse percurso. Não tive dificuldades, pelo contrário, foi tudo muito bom. No ano que vem quero voltar e bater o recorde. Não gostei do meu tempo. Se eu vier direto do Quênia, depois de treinar na altitude, completo esse percurso em 1 hora”, anunciou Mathew.

Aos 24 anos, ele está no Brasil pela terceira vez e promete voltar em 2007. “Se me convidarem, estarei aqui”, disse o queniano, que estreou em meia-maratona no domingo anterior, em Salvador, sendo o vice-campeão. Entre as várias conquistas no Brasil, está o vice na Volta da Pampulha 2005.

Cosmers gostou da estréia. O atleta de apenas 20 anos admitiu um erro de estratégia. “Saí muito forte no km 8. Deveria ter esperado mais”, justificou. Já o terceiro colocado era só alegria. “Foi surpresa para mim. Espera ficar entre os 10, mas no km 15 comecei a andar bem e quase peguei o segundo colocado”, contou Urias, de 27 anos.

ARRANCADA - Márcia Narloch também “sobrou” ao chegar, não demonstrando em momento algum o esforço feito nos 21 km. Ela e Pretinha correram juntas até o km 10, quando iniciou a “arrancada”. Vinda do excelente 5º lugar na Maratona de Berlim, há três semanas, Márcia mostrou um grande ritmo e foi se distanciando das rivais. “Hoje foi dia de grande festa e comemoração”, vibrou Márcia, 36 anos, 23 dedicados ao atletismo.

“Essa prova foi excelente. O publico prestigiou o tempo todo, muita hidratação, organização impecável”, disse Márcia, que tem na carreira três participações em olimpíadas e a medalha de ouro nos Jogos Pan-Americanos de Santo Domingo, sempre na maratona.

Na disputa pelo segundo lugar, Pretinha seguiu firme até o km 17,5, quando foi superada por Marily dos Santos. Vinda de vitória na Meia de Salvador, a vice-campeã contou que competiu pensando em complementar seu treino. “Eu tinha de fazer um longão, com 25 km sozinha em Salvador. Daí, decidi correr aqui, que é uma prova muito boa e com muita gente forte. Consegui esse segundo lugar maravilhoso”, frisou a atleta, que no ano passado foi a 3ª colocada.

Apesar de perder o 2º lugar na última parte da prova, Pretinha gostou do resultado. “Meu foco está nos 10 mil metros, por causa dos Jogos Pan-Americanos. Fui bem até o km 10, junto com a Márcia. Depois, ainda tentei encostar e decidi ficar. Depois, a Marily chegou e não deu mais”, contou a sempre sorridente Pretinha, que além do título da Meia em 2004, já subiu ao lugar mais alto do pódio na região três nos 10 KM Tribuna FM, de 2002 a 2004.

Confira as fotos:
A elite feminina largou às 8:45 da manhã.
A largada principal ocorreu às 9 horas.
Apesar do calor, o percurso totalmente plano favoreceu os atletas.
Márcia Narloch venceu a prova feminina com o tempo de 1:17:18.
Mathew Cheboi cruza a linha de chegada com o tempo de 1:05:37.
Pódio Masculino:

1) Mathew Cheboi - 1h05min37s
2) Cosmers Kemboi - 1h06min19s
3) Urias Yostaque de Lima - 1h6min21s
4) Márcio Ribeiro da Silva - 1h06min30s
5) José Gutemberg Ferreira - 1h06min35s

Pódio Feminino:

1) Márcia Narloch - 1h17min18s
2) Marily dos Santos - 1h18min32s
3) Ednalva Lauriano da Silva - 1h18min46s
4) Andréa Celeste da Silva Benites - 1h19min25s
5) Luzia de Souza Pinto - 1h20min14s